O filósofo alemão Eric Voegelin não pode ser resumido em sentenças de fácil apreensão. Isso porque em sua profícua vida acadêmica, em boa parte transcorrida nos Estados Unidos, para onde se exilou voluntariamente a partir de 1936, Voegelin refletiu profundamente sobre temas relacionados à multidisciplinaridade das ciências humanas – filosofia, história, literatura, ciência política – com o objetivo de rastrear as origens intelectuais dos fenômenos ideológicos de massa contemporâneos, como o Fascismo e o Socialismo. Ambos obliteravam a realidade da experiência social, ao mesmo tempo em que cegavam espiritualmente grandes contingentes humanos no rastro da “amnésia” social.

Na presente coletânea de ensaios – proferidos na Universidade de Chicago em 1951 – justamente no templo intelectual das doutrinas utilitaristas do liberalismo econômico, Voegelin procurou recolocar o problema da ciência política para além da análise de superfície das leis, instituições, sistemas eleitorais e partidos políticos. Para o filósofo, a metodologia para o estudo destes temas contemplava tão somente aspectos de um positivismo histórico cujo objetivo seria a auto-interpretação de mecânicas comportamentais de uma sociedade. Mas nada falariam a respeito dos “valores” que embasassem a ação do homem no mundo.

Baixar grátis, escolha uma rede social para baixar o conteúdo:

Ao continuar para baixar grátis, você aceita os Termos de uso e a Política de privacidade do Pagsocial.

Autorize a solicitação do Facebook que abriu em uma nova janela.

Entendi
Thumb - A Nova Ciência da Política - Eric Voegelin